Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Qual o Tratamento Natural para Bursite?

A bursite é uma inflamação que pode atingir os ombros, joelhos e cotovelos. Ela acontece nas bursas, uma espécie de bolsa que reveste as articulações e amortece o contato entre os ossos. Quando as bursas inflamam, é comum que a pessoa sinta uma dor profunda na região afetada, além de dificuldade para movimentar aquela articulação. Nem sempre é possível descobrir as origens da inflamação, mas sabe-se que alguns fatores contribuem para a sua ocorrência, como: artrite, gota, lesões, pancadas, esforços intensos e/ou repetitivos.

Quem sofre com a bursite deve sempre procurar auxílio médico para tratar a inflamação. Alguns alimentos, como os antiinflamatórios naturais podem contribuir bastante para o tratamento. O especialista também pode recomendar a suplementação de vitamina D dependendo do quadro apresentado pelo paciente.

Porém, muitas pessoas também buscam os tratamentos naturais, que são menos invasivos e também possuem menos substâncias maléficas. E, estes tratamentos podem ser muito eficazes. Temos como exemplo o chá de garra-do-diabo, sobre o qual falaremos a seguir.

Receita

Ingredientes:

Modo de Preparo: Coloque a quantidade indicada de raiz de garra-do-diabo em um panela com 1 litro de água. Depois, leve ao fogo e desligue quando começar a ferver. Tampe a panela e deixe descansando até amornar. Em seguida, coe e reserve para consumir.

O ideal é tomar de duas a três xícaras do chá diariamente. Ele pode ser consumido morno ou frio, preferencialmente sem adoçar. Caso sobre chá pronto no fim do dia, descarte e prepare uma nova receita na manhã seguinte.

Conheça mais sobre a bursite

A bursite é uma inflamação nas bursas.

Benefícios e outros tratamentos

Como mencionado, a bursite é a inflamação das bursas, as bolsas ficam entre ossos, músculos e tendões e servem para evitar o atrito. A bursa aparenta ser uma almofada achatada, possuindo uma membrana que é cheia por líquido sinovial, um certo lubrificante.

As bursas comumente inflamam devido à movimentos repetitivos, que ocasionam maior produção do líquido sinovial, aumentando o tamanho da bursa. Esta inflamação causa dores, vermelhidão, inchaços, dentre outros problemas.

Uma boa receita para ajudar no tratamento da bursite, como mencionado, é o chá de garra-do-diabo. A planta tem ação anti-inflamatória, sendo capaz de melhorar a dor e reduzir o processo de inflamação nas bursas. No entanto, o chá não deve ser consumido por mulheres grávidas ou em período de lactação, bem como por pessoas que tenham úlceras.

A garra-do-diabo é uma planta que possui ações anti-inflamatória,
anti-reumática e analgésica. Por isto, além de ser utilizada para tratar a bursite, também pode ser usada para tratar artrite reumatóide, artrose, bursite, fibromialgia, dentre outros males.

Exercícios de alongamento e fortalecimento muscular também são recomendados para pessoas que têm bursite, desde que não causem desconforto. Nesse caso, é preciso o acompanhamento de um profissional da área de educação física para evitar o agravamento da inflamação com as atividades físicas.

Ademais, o gelo é indicado para combater algumas inflamações porque contrai os vasos sanguíneos na região atingida. Assim, diminuir dores, hematomas, etc.

E, o  chá de camomila também tem ação anti-inflamatória e pode ser tomado todos os dias, sem medo de quaisquer reações adversas. Ele pode ser utilizado com a ingestão ou de forma tópica. Para aplicação local, faça uma mistura com chá de camomila concentrado e azeite de oliva, passe sobre a região e massageie bem durante alguns minutos.

Outras plantas anti-inflamatórias, que podem auxiliar no tratamento da bursite, são: gengibre, cúrcuma, salgueiro-branco, unha-de-gato, Boswellia, pimentas, etc. Algumas podem ser usadas para fazer chás, como a unha-de-gato, e outras, como a cúrcuma, pode ser aproveitada como tempero.

O óleo de rícino morno também pode ser aplicado diretamente sobre a pele no local atacado pela bursite para aliviar a dor. Outros óleos essenciais, como de hortelã, também podem ser utilizados para realização de massagens.