Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Como Fazer um Remédio Caseiro para combater a Prisão de Ventre?

Nosso organismo atua na produção e eliminação de gases intestinais constantemente. Isso acontece por conta da aerofagia, ou seja, do ar que engolimos ou da fermentação de resíduos de alimentos, principalmente carboidratos não digeridos, causada por bactérias presentes no intestino. A prisão de ventre ocorre quando estes gases são produzidos em excesso e não são eliminados, causando inchaços, desconforto e dores abdominais que podem se estender por todo o corpo.

A ingestão diária de alimentos ricos em fibras e bastante líquido, auxilia no funcionamento do intestino e por consequência, alivia a prisão de ventre. Ademais, uma receita caseira muito utilizada para auxiliar no tratamento de gases intestinais é o chá de funcho e erva cidreira.

O funcho, também conhecido como erva doce, originária do continente europeu,na região do Mediterrâneo, mas adaptou-se muito bem às terras brasileiras entre outras partes do mundo. Conhecida desde a antiguidade, a planta era utilizada pelos gregos para aumentar a força física sem ganho de peso. A maior parte de suas propriedades medicinais concentram-se nas sementes, mas folhas e raízes também são utilizadas em chás ou como tempero. Os talos de erva-doce, são bastante utilizados na culinária oriental, entre outras. Abaixo, saiba como preparar este remédio caseiro a as propriedades medicinais dos ingredientes. 

Receita

Ingredientes:

  • 01 colher de sopa de sementes de funcho (erva-doce)
  • 01 colher de sopa de folhas secas de erva-cidreira picadas ou 10 folhas da planta in natura
  • 01 litro de água mineral ou filtrada

Modo de preparo: Coloque a água no fogo e desligue assim que começar a formar bolhas, antes de atingir o ponto de fervura (ebulição). Adicione o funcho e a erva-cidreira. Tampe o recipiente e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos, ou até que o chá esteja morno. Se preferir, adoce com açúcar comum, açúcar mascavo ou mel de abelhas. Utilize de duas à três xícaras de chá por dia.

Erva-cidreira ou Melissa

A Erva-Cidreira ou Melissa tem várias propriedades medicinais

Propriedades medicinais dos ingredientes

O funcho, ou erva-doce é contraindicada durante a gravidez e lactação, embora muitas gestantes façam uso da planta, tanto na gestação como nos primeiros dias de vida do bebê, na tentativa de aliviar sintomas de cólica intestinal. Pessoas com hipertireoidismo, também devem evitar o consumo. Em alguns indivíduos, o funcho também pode provocar reações alérgicas.

A erva-cidreira também pode desencadear sintomas alérgicos em algumas pessoas. Vale lembrar que receitas naturais, em nenhuma hipótese substituem orientação médica e mesmo produtos naturais podem causar danos à saúde, quando consumidos sem orientação e controle médico.

O funcho é uma erva estimulante, antiespasmódica, vermífuga, diurética, expectorante, digestiva e anti-inflamatória. A erva-cidreira, por sua vez, também originária do mediterrâneo, pertence à mesma família que a menta e hortelã.No estado de São Paulo, particularmente, este nome é utilizado para identificar outra planta, também conhecida como capim-limão, mas não é desta que tratamos aqui.

A erva-cidreira tem folhas parecidas, porém maiores e mais claras que as da hortelã, ovadas a romboidais ou oblongas e com a margem crenada além do cheiro característico. A planta tem ainda vários outros nomes, o que dificulta sua identificação. Entre os mais utilizados estão: citronela, melissa, meliteia, erva luisa e limonete.

Composta por vários óleos (citronelal, acetato de eugeno, citral e geranio, entre outros), polifenóis, flavonóides, taninos, ácido succinico, ácido romarínico e triterpenoides, a erva possui vários princípios ativos que lhe garantem um lugar de destaque entre as mais utilizadas pela medicina caseira.

É utilizada como auxiliar no tratamento de vários males, entre os quais: depressão, crises nervosas, sentimentos melancólicos, fadiga, insônia, enxaquecas, dor nos olhos, cólicas menstruais e acúmulo de gases (prisão de ventre). Melhora o aspecto da pele, controlando a oleosidade e acnes.

O óleo essencial da planta, atua no sistema nervoso central, protegendo o cérebro contra estímulos externos excessivos. Seus princípios ativos também atuam no controle da epilepsia, histeria, hipocondria e vertigens. Pode ser utilizada em forma de compressas, para combater eczemas, dores de cabeça e inchaços.

A erva-cidreira é adstringente, antimicrobiana, antialérgica, antiespasmódica, analgésica, anti-séptica, cicatrizante, anti-inflamatória, antinevrálgica, calmante e ansiolítica.

O chá composto por funcho e erva-cidreira, agrega princípios ativos que potencializam mutualmente as propriedades medicinais existentes em cada uma das ervas. Ambas podem ser encontradas in natura, em feiras, quintais, lojas de produtos naturais e outras do ramo.