Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Como Fazer um Gargarejo com Vinagre?

Nossas mães e avós sempre têm algumas indicações para cada tipo de doença. E, como vemos sempre aqui no Receita Natural, os remédios caseiros são sim muito eficazes. Mas, muitas pessoas ficam na dúvida se seguem ou não as dicas dos mais velhos. Nos casos de dor de garganta, é muito comum ouvir as recomendação de gargarejo com vinagre, água morna e sal. Mas será que essa mistura realmente ajuda a combater a inflamação?

A explicação para o uso dessa combinação é científica. Para entenderemos porque a receita caseira funciona, é necessário lembrar que as infecções de garganta geralmente são causadas pela presença de bactérias. Assim, para acabar com o problema, é preciso destruir esses microrganismos. E, é possível fazer isto usando uma solução de vinagre com água, que será responsável por eliminar as bactérias, enquanto o sal torna toda a mistura menos agressiva. Abaixo, saiba como preparar este gargarejo e entenda quais são os seus benefícios.

Receita de Gargarejo com Vinagre

Ingredientes

  • 1 copo (200 ml) de água morna
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
  • 1 colher (chá) de sal

Modo de Preparo: Misture todos os ingredientes no copo mesmo até estar bem diluído. Cuidado com a temperatura da água. Ela deve estar morna, e não quente. A água quente pode piorar a situação, já que pode queimar a garganta, causando feridas e aumentando ainda mais a dor. Logo, ferva a água, e depois espere tempo o suficiente para que você consiga colocar o seu dedo, sem se queimar.

Faça o gargarejo com a mistura três vezes ao dia, sempre com a mistura morna. O tempo de gargarejo deve ser de mais ou menos 1 minuto, com algumas repetições para garantir o contato do remédio com o processo infeccioso. Depois cuspa o líquido, não é preciso engolir. Espere alguns minutos para comer ou beber outra coisa. Deixe agir por alguns.

Gargarejo

Gargarejo com água, vinagre e sal

Se a infecção não melhorar, ou até mesmo piorar, procure um médico, pois em alguns casos mais avançados, somente antibióticos conseguem matar as bactérias.

Benefícios do gargarejo

O vinagre tem um papel importante, porque ele é bactericida, ou seja, é capaz de matar as bactérias. Por ser bastante ácido, ou seja, ter o pH bem elevado, o vinagre altera o ambiente específico em que as bactérias estão proliferando. Normalmente, elas não resistem a variações de pH, tanto para cima quanto para baixo. Essa variação vai causar a destruição desses microrganismos.

Já a água morna irá dilatar os vasos sanguíneos na região das amídalas. O nosso organismo possui células de defesa, que se espalham por meio do sangue. Com os vasos sanguíneos dilatados pela água morna, a chegada dessas células de defesa acontecerá mais rapidamente, além de ajudar a remover o muco fixado na garganta. Só que, como mencionado, deve ser usada a água morna, e não fervendo.

E o sal? Muitas pessoas acreditam que o sal é capaz de limpar a infecção, mas isso não é bem verdade. Em pequenas quantidades e misturado a água, o sal se assemelha aos líquidos que existem naturalmente em nosso organismo. Dessa forma, a mistura se torna menos agressiva. O sal aumenta a concentração de sódio, para que ocorra, então a osmose. Como o catarro é formado por água, de forma majoritária, ele é retirado das paredes da garganta, atraído pelo sódio. E, a água morna aumenta ainda mais esta função.

Também, pode-se usar outros ingredientes para realizar os gargarejos, como bicarbonato de sódio, camomila ou arnica. Não use nenhum produto que pode lhe causar danos internos, caso tenha algum imprevisto e engula a solução. Por exemplo, não use a água oxigenada, como muitos indicam. Além de prejudicar o esmalte dos dentes, este produto também pode afetar os órgãos internos.

Caso tenha pus na sua garganta, será mais difícil realizar este gargarejo. Por isto, nestes casos, é mais indicado já usar um antibiótico, receitado por algum médico confiável.