Dicas Naturais, Remédios Caseiros

Receita Natural

Receita Natural

Plantas e Ervas ajudando em sua Saúde

Qual o Tratamento Natural para Corrimento e Candidíase?

O corrimento vaginal, por vezes chamado de simplesmente corrimento, vulvovaginite ou vaginite é muito comum entre as mulheres. Uma das causas pode ser a infecção por fungos chamada de candidíase, embora existam outras fonte também. No geral, o corrimento branco ou esverdeado é acompanhado de mau cheiro e  de coceira, irritação e vontade freqüente de urinar. Porém, a manifestação do corrimento depende do organismo e cada um.

Muitas pessoas utilizam medicamentos para que possam eliminar o corrimento ou candidíase, como os antifúngicos. Porém, também é possível utilizar alguns tratamentos naturais, que são menos agressivos do que os medicamentos, mas igualmente eficazes. Confira abaixo.

Tratamento natural

Ingredientes:

  • Duas xícaras de chá de cascas de barbatimão,
  • Dois litros de água
  • Uma colher de sopa de suco de limão (ou vinagre)

Modo de Preparo: Ferva a água com as cascas de barbatimão por 15 minutos. Depois deste tempo, coe e acrescente a colher de suco de limão ou vinagre, se preferir.

Este chá é indicado para banhos de assento. Ou seja, não deve-se ingeri-lo. O método de utilização é realizar lavagens com o líquido, quando julgar necessário.

Conheça os benefícios do barbatimão.

O barbatimão é uma planta especialmente indicado para pessoas que tenham corrimento espesso e candidíase.

Quais os benefícios?

É sempre bom reforçar que toda mulher adulta deve visitar o ginecologista com regularidade, e só uma consulta médica e os exames clínicos e laboratoriais vão realmente indicar qual a causa do corrimento. Porém, mesmo que não vá ao ginecologista, é importante entender os tipos de corrimentos, para distinguir suas causas e gravidades.

O corrimento é comum e normal desde que ele tenha característica translúcida. Se não tem esse aspecto já é considerado que algo de errado está acontecendo, do menos grave ao mais grave. O cheiro também deve ser suave, praticamente inexistente, se o cheiro for forte se assemelhando ao cheiro de peixe é sinal de alguma doença.

O corrimento transparente parecido com uma clara de ovo acontece quando a mulher não faz uso de anticoncepcional e significa que ela está ovulando. Outro corrimento que também não é motivo de preocupação para as mulheres é o corrimento cor-de-rosa, ou rosado, que indica o início de uma gravidez.

Outros corrimentos diferentes do translúcido são preocupantes e devem ser tratados. O corrimento branco, espesso, parecendo uma coalhada, pode ser sinal de cândida. Normalmente vem acompanhado de outros sintomas como ardência, coceira e vermelhidão. É causado por um fungo e pode surgir por razões de baixa imunidade e até mesmo situações de estresse. Os médicos podem indicar remédio para tomar ou passar no local como cremes e pomadas.

O corrimento amarelado, ou esverdeado, com cheiro de peixe, pode ser devido à Tricomoníase, e é causado por transmissão sexual. Dependendo do caso, será indicado o uso de antibióticos.

O corrimento marrom ou marrom claro pode indicar que a mulher irá menstruar em breve ou que está no fim da menstruação. Mas se este não for o caso, e estiver com dor, odor forte, e ardência, e se o você estiver com corrimento marrom com sangue é bom procurar um médico, pois pode ser até mesmo sinal de gonorreia.

Classificar cores de corrimento é muito complicado pois o que para uns parece ser marrom claro, para outros é avermelhado, e o que para uns é corrimento avermelhado para outros é rosado. Por isso o mais importante é ao menor sinal de doença, procurar um tratamento.

Assim, como pode-se perceber, este tratamento com chá de barbatimão é indicado para pessoas que tiverem corrimentos espessos, brancos, que indiquem candidíase. Também, o mesmo tratamento pode ser utilizado por pessoas que apresentam corrimentos e feridas na região genital.

O barbatimão é uma planta utilizada para tratar feridas, queimaduras, inchaços, hematomas, etc. O chá desta planta é cicatrizante. Logo, irá beneficiar no tratamento de feridas na região genital, principalmente as ocasionadas por doenças sexualmente transmissíveis. E, estudos indicam que as cascas de barbatimão inibem o crescimento do fungo Candida albicans, que ocasiona a candidíase.